Ao navegar, você aceita que o Jus use cookies e parcerias para personalizar conteúdo e anúncios. Política de Privacidade

Símbolo do Jus.com.brJus.com.br

Justiça ordena que bancos e financeiras devolvam tarifas indevidas cobradas em financiamento de veículos

Uma ótima notícia para quem comprou caminhões, carros, tratores ou motos nos últimos cinco anos. É bem provável que tenha pago quantias abusivas.

Uma ótima notícia para quem comprou caminhões, carros, tratores ou motos nos últimos cinco anos. É bem provável que tenha pago quantias abusivas.

Sem saber!

Esse prejuízo, todavia, pode ser recuperado, rapidamente!

A justiça tem considerado ilegais as quantias que milhões de brasileiros e milhares de empresas pagaram a Bancos e Financeiras a título de taxas e tarifas diversas.

São exemplos delas:

Taxa de Abertura de Crédito (TAC), Taxa de Emissão de Carnê (TEC), taxa de comissão paga pelo banco à agência de veículo (serviços de terceiros)registro do contrato, tarifa de avaliação do bem, dentre outros.

O Superior Tribunal de Justiça decidiu de forma definitiva a ilegalidade dessas taxas e determinou a imediata devolução de quantias que, em alguns casos, podem ultrapassar o valor de 15 mil reais!

 Para que você entenda melhor, veja este exemplo:

Um consumidor comprou um veículo financiado e pagou R$ 13.308,00 de serviços de terceiros (comissão), TAC de R$ 554,00, registro do contrato no valor de R$ 107,15, tarifa de avaliação de bem de R$ 193,00; perfazendo um total de R$ 14.162,15 - valores totalmente ilegais.

Bancos e financeiras tentam, de todas as formas, impedirem que os consumidores recebam seus direitos e dificultam ao máximo a entrega dos contratos de financiamentos.

Mesmo que não tenha em mãos os contratos, a Justiça igualmente obriga a sua entrega, por ser direito claro dos consumidores.

Fique ligado!

A melhor forma de exercer seus direitos é através de seu conhecimento.

André Mansur Brandão
Advogado, Cronista e escritor

Assuntos relacionados
Sobre o autor
André Mansur Brandão

Advogado da André Mansur Advogados Associados (Minas Gerais). Administrador de Empresas. Escritor.Saiba mais sobre nossa empresa em: http://andremansur.com/portfolio/

Informações sobre o texto

Este texto foi publicado diretamente pelos autores. Sua divulgação não depende de prévia aprovação pelo conselho editorial do site. Quando selecionados, os textos são divulgados na Revista Jus Navigandi

Publique seus artigos
Compartilhe conhecimento e ganhe reconhecimento. É fácil e rápido!