Os futuros pais devem demonstrar que têm condições psicológicas e sociais de serem bons pais ou boas mães. Assim, no processo de adoção, a opção sexual dos adotantes não é um requisito a ser avaliado.

Sim, podem! Preenchidas as condições para a adoção, não há qualquer discussão em decorrência da escolha sexual dos pretendentes. 

A adoção no Brasil ocorre por processo judicial e é regulado pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei 8.069/90), a qual estabelece requisitos para quem pretende entrar na fila de adoção.O processo para adoção seguirá os tramites legais: apresentação de documentos, entrevistas com psicólogos e assistentes sociais, visitas a abrigos e aprovação final de um juiz.

É necessário que o casal mantenha vínculo afetivo, além de ter que apresentar atestado de antecedentes criminais, relatório de saúde física e mental e até fotos da residência onde a criança adotada moraria.

Ademais, é importante esclarecer, para que duas pessoas adotem conjuntamente, devem ser casadas ou viverem em união estável. Contudo, a orientação sexual não deve ser um fator a ser considerado no processo de adoção, já que o ECA não cita como requisito para a futura família que os pais sejam de gêneros diferentes.

Os futuros pais devem demonstrar que têm condições psicológicas e sociais de serem bons pais ou boas mães. Assim, no processo de adoção, a opção sexual dos adotantes não é um requisito a ser avaliado, o que deve ser verificado é a qualificação e capacidade para adotar.

Novos modelos de família constituem a realidade, sendo que o Supremo Tribunal de Justiça já reconheceu a união homoafetiva como um núcleo familiar como qualquer outro. Desta maneira, casais homossexuais podem adotar, desde que atendam os mesmos requisitos impostos aos casais formados dos indivíduos de gêneros distintos.


Autor


Informações sobre o texto

Este texto foi publicado diretamente pela autora. Sua divulgação não depende de prévia aprovação pelo conselho editorial do site. Quando selecionados, os textos são divulgados na Revista Jus Navigandi.

Comentários

0

Autorizo divulgar minha mensagem juntamente com meus dados de identificação.
A divulgação será por tempo indeterminado, mas eu poderei solicitar a remoção no futuro.
Concordo com a Política de Privacidade e a Política de Direitos e Responsabilidades do Jus.

Regras de uso