A Justiça, hoje, compreende esta necessidade e permite a inclusão também dos sobrenomes maternos, mesmo após o registro de nascimento.

As pessoas solicitam a inclusão do sobrenome materno, nos dias atuais, como forma de homenagem às suas avós para conquistar o reconhecimento de parentesco, perante os familiares e a sociedade.

Antigamente, era comum que os pais dessem aos seus filhos, somente o sobrenome paterno, ou até mesmo o nome e sobenome dos avôs, bisavôs, etc.,

Por isso a justiça, hoje, compreende esta necessidade e permite a inclusão também do sobrenome maternos, mesmo após o registro de nascimento. Esse procedimento é realizado por via judicial em uma ação que se denomina: Retificação de Registro Civil para Inclusão de Sobenome Materno ou Paterno.

Para sanar algumas dúvidas sobre este tema, abaixo daremos o passo-a-passo para que você possa realizar a inclusão:

Posso acrescentar o sobrenome da minha mãe ou avó materna? 

Sim. O artigo 13, inciso I, da Lei 6.015/73 permite que alguns atos do registro civil possam ser praticados a requerimento verbal ou escrito dos interessados, mas, neste caso, você precisa do auxílio de um advogado, que entrará com a ação de Retificação de Registro Civil e apresentará ao juiz e ao Ministério Público seu pedido de acréscimo do sobrenome materno.

Qual é o procedimento?

O processo de inclusão de sobrenome no Registro Civil é simples e segue os seguintes passos:

Inicialmente, o advogado deverá emitir certidões que comprovem a idoneidade do interessado; após, advogado dará entrada com o pedido na justiça juntamente com as certidões citadas anteriormente.

Feito isso, o juiz encaminhará o pedido para apreciação do Ministério Público, que deverá dar um parecer ao juiz. Após a resposta do MP, o juiz decidirá se aceita ou rejeita o pedido, devendo justificar o motivo em sua sentença.

Um bom advogado experiente em inclusão do sobrenome conhece os trâmites, documentos necessários, e sabe redigir uma petição de forma que aumente as chances de o cliente obter sucesso em seu pedido judicial. Na maioria dos casos o judiciário aceita o pedido de Retificação de Registro Civil.

Quais são os documentos necessários?

Documentos do interessado:
  • RG e CPF ou CNH do solicitante;
  • Certidão de nascimento e certidão de casamento, se houver;
  • Comprovante de endereço;
  • Certidões cíveis, criminais, militares e eleitorais;
  • Procuração para o advogado;
  • Recolhimento de custas do judiciário;
Documentos da mãe:
  • Certidão de casamento, nascimento ou óbito da mãe;

O Ministério Público ou o juiz poderão solicitar documentos adicionais.

Quando o juiz der a decisão aprovando a inclusão de sobrenome através da sentença, você poderá fazer a emissão dos novos documentos.

É um processo simples, mas que, para ter boas chances de sucesso, é necessária a contratação de um advogado experiente em Direito de Família, pois essa é uma ação que requer do advogado zelo, competência, prática com documentos e principalmente atualização sobre a legislação.


Autores


Informações sobre o texto

Este texto foi publicado diretamente pelos autores. Sua divulgação não depende de prévia aprovação pelo conselho editorial do site. Quando selecionados, os textos são divulgados na Revista Jus Navigandi.

Comentários

0

Autorizo divulgar minha mensagem juntamente com meus dados de identificação.
A divulgação será por tempo indeterminado, mas eu poderei solicitar a remoção no futuro.
Concordo com a Política de Privacidade e a Política de Direitos e Responsabilidades do Jus.

Regras de uso