O carro roubado foi recuperado e isso pode suspender o pagamento da indenização. Entenda quando isso acontece.

Quem tem seguro auto e passa por um roubo, faz um boletim de ocorrência e comunica a seguradora. Esse é o processo correto a seguir, afinal, roubo precisa ser informado à polícia a seguradora deve dar andamento na indenização.

O que pode acontecer no meio do caminho é que o carro roubado foi recuperado. Nesse caso, o que o segurado deve fazer causa muito questionamento.

A primeira coisa é entender como funciona o processo de pagamento da indenização.

Imagem: Pixabay

A indenização do seguro auto em caso de roubo

Após comunicar a seguradora sobre o roubo, será solicitado o envio de alguns documentos. Somente quando todos eles forem recebidos é que poderá avançar para a próxima etapa, que é o pagamento da indenização.

Além disso, após o roubo as seguradoras determinam um prazo para que o carro seja recuperado. Algo que costuma ser de 5 a 7 dias. Se nada acontecer, então se inicia o processo para pagamento da indenização.

A indenização conforme os valores que constam na apólice deve ser feita em até 30 dias a contar da data de envio dos documentos. Vamos supor que todos os documentos foram enviados no dia seguinte ao roubo e a seguradora deu 7 dias para o carro ser achado. Passou esse prazo e não se teve um retorno da polícia.

Isso significa que já se passaram alguns dias do total de 30, então haverá cerca de 21 dias para a indenização ser paga. 

Quando se recebe a indenização por perda total, o carro deixa de ser do segurado e se torna propriedade da seguradora. Por isso será preciso fazer a transferência para a empresa antes de receber qualquer valor.

Estando o veículo transferido e os documentos corretos, a indenização do seguro auto é paga.

O meu carro roubado foi recuperado antes de enviar dos documentos

No caso de não haver o envio dos documentos, significa que o pedido de indenização está parado. O carro sendo encontrado nesse tempo, será registrada a informação e o processo de indenização interrompido.

Se houver avaria, será feito o procedimento para reparo. 

O meu carro roubado foi recuperado antes de transferir o veículo

Uma situação que pode acontecer é que o carro foi encontrado no prazo que a seguradora pediu para aguardar. Nesse caso o proprietário ainda não fez a transferência do carro.

Como o sinistro foi informado, quando o carro for localizado será feita uma avaliação dele. Ele será devolvido ao seu dono e a seguradora não arcará com a indenização do veículo roubado e não recuperado.

Entretanto, isso não significa que a seguradora não precisará pagar nada. Se houver danos parciais e tiver cobertura para esse tipo de ocorrência, o reparo deverá ser feito.

O carro é levado a uma oficina, a seguradora paga pelo conserto e o segurado arca com o valor da franquia.

Outra possibilidade é o carro ser localizado todo destruído, com prejuízos que superam 75% do seu valor de mercado. Esse caso é considerado perda total. A seguradora deverá pagar a indenização do seguro auto conspirando essa situação. Mesmo com o veículo recuperado ele já não tem mais condições de uso.

O meu carro roubado foi recuperado após transferir o veículo

Há a possibilidade de o processo de pagamento indenizatório do seguro estar bastante avançado. Nesse caso já foi feita a transferência, os documentos enviados e está se aguardando o prazo para recebimento dos valores.

Isso quer dizer que o veículo já não pertence mais ao segurador, agora ele é da seguradora. Se isso acontecer a responsabilidade de ir buscar o veículo é da seguradora.

Quem possui o seguro, deverá receber a indenização integral pelo carro, uma vez que todos os processos já foram feitos corretamente. 

Pode acontecer também de o carro ser encontrado após meses e o antigo proprietário ser comunicado. Nessas situações, vale lembrar que o veículo agora pertence à seguradora e que a indenização já foi recebida. Por isso, não se tem mais nenhum vínculo com o carro.

Qual o valor da indenização do seguro de veículo roubado?

O valor a ser pago em caso de veículo roubado e não recuperado sempre segue o que estiver estabelecido na apólice. Normalmente o que consta é a indenização de 100% do valor da Tabela FIPE, entretanto, esse percentual pode ser maior ou menor.

É preciso verificar o que consta no documento de adesão do seguro, lembrando que, se o valor do prêmio ainda não foi pago integralmente, pode ser descontado nesse momento.

Já não precisa mais ficar na dúvida do que fazer quando o carro roubado for recuperado. Sempre fique em contato com a seguradora e siga as orientações. 



Informações sobre o texto

Como citar este texto (NBR 6023:2018 ABNT)

VEMM, Patricia Luyze. O que fazer se meu carro roubado foi recuperado durante o processo do pagamento indenizatório do seguro?. Revista Jus Navigandi, ISSN 1518-4862, Teresina, ano 26, n. 6698, 2 nov. 2021. Disponível em: https://jus.com.br/artigos/91706. Acesso em: 26 jan. 2022.

Comentários

0

Autorizo divulgar minha mensagem juntamente com meus dados de identificação.
A divulgação será por tempo indeterminado, mas eu poderei solicitar a remoção no futuro.
Concordo com a Política de Privacidade e a Política de Tratamento de Dados do Jus.

Regras de uso