Ir direto ao conteúdo

Redes Sociais do Jus Navigandi

  1. Luciane Amaral
    25/07/2007 13:58 | editado

    Olá amigos , será q alguem pode me ajudar ? Quero saber se é posivel corrigir o nome da minha filha na Cartidão de Nascimento , ela vai vai fazer um ano, e se chama Alyaha ,a escolha foi do pai , porém a minha escolha era q fosse Alyah( nós a chamamos assim) e agora ele tbm acha q deveria ter ficado do jeito q escolhi. Só q queremos saber se é complicado essa mudança e se o juiz autoriza q isso seja feito .O q queremos e apenas a retirada do ultimo "a" se seu nome.
  2. Adv. Antonio Gomes
    28/07/2007 23:00

    Compareça ao Cartório de origem, e explique ao Tabelião que houve um erro de fato no registro da criança, e faça no Cartório um requerimento administrativo para o Juiz Corregedor da circunscrição independente de advogado. Não havendo sucesso nos retorne com o problema que estudaremos uma soluçao.

    Adv. Antonio Gomes.
  3. sandra da silva ornellas
    01/05/2008 19:06

    olá aproveitando o assunto gostaria de saber se é possivel mudar o nome na certidão da minha filha que seria kamilly e ficou camille
  4. Ineide Dos Santos Dias
    17/05/2008 18:34 | editado

    Oi meu nome é ineide. Gostaria de saber se posso mudar o nome da minha filha. Todos a chamam de maria eduarda como era para ser seu nome. Só que meu marido colocou de fabiana henrique, nao sei o motivo que levou a colocar esse nome ja que ja tinha concordado com o nome maria eduarda. E ainda por colocou o 2º nome de henrique. Minha filha nasceu 25 de abril 2008.Nao estou de acordo com esse nome.Gostaria de saber se é possivel mudar o nome de fabiana henrique para maria eduarda como era para ser e todos a chamam assim.
  5. ednei maria de oliveira silva
    19/11/2008 14:05

    gostaria de saber como posso fazer para mudar meu nome pois tenho passado por varios constrangimento ao longo da minha vida por conta disso;segundo minha falecida mãe o nome seria edneide,nome o qual fui sempre chamada pela familia,mas ficou errado na certidão de nascimento e nunca foi consertado.hoje ja tenho 45anos,mas gostaria que fosse acrescentado o de em meu nome.sou tec de enfermagem e no momento estou trabalhando com um medico que tbm se chama ednei.gostari muito de uma orientação.desde ja agradeço!!!anciosa aguardo resposta.
  6. Adv. Antonio Gomes
    19/11/2008 21:48

    Deve constituir um advogado público ou privado para demandar em juizo, os motivos alegados para mudança em princípio me parece viavel e com boa probabilidade em juízo de sucesso na demanda, no sentido de resolver o problema.
  7. Adv. Antonio Gomes
    19/11/2008 21:49

    Deve constituir um advogado público ou privado para demandar em juizo, os motivos alegados para mudança em princípio me parece viavel e com boa probabilidade em juízo de sucesso na demanda, no sentido de resolver o problema.
  8. dulcineia santos
    28/11/2008 13:28

    nasci em domicilio em 18 de maio de 1979,no estado da Bahia,fui registrada em março de 1980.em fevereiro de 1997 tirei meu rg no SAC(POUPA TEMPO, EM SALVADOR)tenho todos os meus documentos com Dulcineia Santos da Silva,perdi minha 1° via de certidão de nascimento,pedi uma 2º via através da Corregedoria de SP,só que agoraminha certidão está com Dulcinea Santos da Silvao que posso fazer?meu rg,cpf,certidão de nascimento dos filhos,diploma de colegio,concursos públicos,inss,tudo com Dulcineiaa minha dúvida é :será que sempre escrevi meu nome errado,mas isso não teria que ser visto no momento que tirei meu rg?
    o que faço agora?
  9. Amelia_1
    16/12/2008 16:36

    Oi ..gostaria saber como fazer o cambio de nome de minha filha , nos colocamos Amy Ji Hyee separado mais ela deberia ser Amy Jihyee , nos temos problemas porque consideran como 3 nomes ... mais para nos son so dois ...como fazer para corregir ese erro . Os pais son estrangeiros ..nao sabemos muito os procesos legais ..por favor nos orienta . Obrigada
  10. maria do rosario da silva
    02/01/2009 17:16 | editado

    ola eu me chamo maria do rosario da silva eu gostaria de saber se eu posso mudar o nome da minha filha.Ela ia se chamar nathiely mais o meu marido a registro como vataniele.No dia seguinte voltei no cartoria para mudar o nome dela mais o homen do cartorio falou que se ela quisese mudar o nome dela poderia mais so quando ela conpletase 18 anos o tempo sepasso e ela gostaria muito de mudar o seu nome para nathily.Ela ven sofrendo muito preconseito na escola em casa etc...EU GOSTARIA DE SABER SE E POSIVEL MUDAR O NOME DELA E COMO EU FAÇO?

    aguardo a resposta ansiosamente


    MUITO OBRIGADO PELA ATENÇÃO
  11. Adv. Antonio Gomes
    03/01/2009 04:01

    Maria do Rosario, deve constituir um advogado para demandar em juízo, eis que é possivel um resultado positivo. Vejamos o caso do menino abaixo segundo a fonte:

    Wonarllevyston Marllon Branddon,13 anos, entra na Justiça para mudar nome

    Publicidade
    William Maia

    A Justiça do Mato Grosso do Sul realizou uma audiência inusitada em junho de 2007. Um menino de 13 anos entrou com uma ação para alterar seu nome e o juiz teve que ouvir sua mãe, a fim de entender porque havia batizado o menino como Wonarllevyston Garlan Marllon Branddon Bruno Paullynelly Mell —havia mais quatro nomes, que foram ocultados pela Justiça para preservar o garoto.

    A mãe, Dalvina Xuxa, disse ao juiz Fernando Paes de Campos, da 5ª Vara de Fazenda e Registros Públicos de Campo Grande, que escolheu o nome para atender às várias sugestões que recebeu, mas admitiu ter exagerado.

    O juiz afirmou que Dalvina passou dos limites ao tentar “enfeitar” e “sofisticar” o nome do filho, mas ressaltou que o “capricho” só aconteceu por negligência do tabelião de registro, já que a legislação não permite situações como essa.

    Conhecida como Lei dos Registros Públicos, a Lei nº 6015 de 1973 proíbe que cartórios civis registrem pessoas com nomes considerados vexatórios ou esdrúxulos, medida que já apresentando resultados, segundo Cíntia Santos Pereira, do 2º Serviço Notarial e de Registro Civil de Campo Grande.

    Mas o fato de a lei ter feito com que diminuíssem o número de casos como o de Wonarllevyston, não impediu que a Justiça de Mato Grosso recebesse recursos de pessoas que pretendiam alterar suas certidões, a fim de trocar nomes como Altezevelte, Alucinética Honorata, Claysikelle, Frankstefferson, Hedinerge, Hezenclever, Hollylle, Hugney, Khristofer Willian, Maxwelbe, Maxwelson, Mell Kimberly, Necephora Izidoria, Starley, Uallas, Udieslley, Ulisflávio, Venério, Walex Darwin, Wallyston, Waterloo, Wildscley, Wochton, Wolfson, Yonahan Henderson, Locrete.


    Sem registro
    Em contraste com aqueles que têm nome mas querem mudar seu registro, a Justiça de Mato Grosso do Sul estima que pelo menos 7,4% dos nascidos em 2006 não obtiveram certidão de nascimento, de acordo com um cruzamento com dados do IBGE. A mesma pesquisa apontou que a proporção de registro tardio no Estado foi de 9,1%.

    Para tentar mudar a realidade dos que não tiveram nem a oportunidade de ter um nome, o TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) participará da Semana Nacional pelo Registro Civil, que será realizada de 17 a 21 de novembro.

    A campanha organizada pelo CNJ (Conselho Nacional de Justiça) tem o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a necessidade de garantir a certidão de nascimento às crianças e também aos adultos que ainda não possuem o documento. O registro civil é essencial para oficializar a existência do indivíduo e para identificá-lo enquanto cidadão.

    Quarta-feira, 29 de outubro de 2008

    FONTE:
    http://jus.com.br/forum/55892/corrigir-nome-na-certidao-de-nascimento/
  12. Deborah Peixoto Farias
    06/01/2009 15:46

    Gostaria de saber se posso mudar todo o meu sobrenome, pois na época que meu pai fez o registro ele alegou que minha mãe era divorciada e não poderia constar o nome de outro pai na certidão. Assim, eu e minha irmã ficamos sem o nome da nossa mãe na certidão sendo alvo de constrangimento nas escolas, e depois da maioridade nos demais documentos. Sendo ele um pai ausente durante o nosso crescimento, gostaria de saber se posso incluir o nome da minha mãe na certidão e com isso tirar o sobrenome de meu pai o pôr somente o nome da minha mãe. Obrigado.
  13. Regiane Ramiro
    13/01/2009 09:56

    minha vizinha me pediu ajuda para resolver o problema sobre sua certidão de nascimento, a certidão não consta o numero do livro e por isto o cartorio responsavel não quer lhe enviar uma 2ª. via nem ajuda-la a provar que ela existe.
  14. REGINA CRUZ
    13/01/2009 11:27

    Olá minha madrinha tem 55 anos e nunca foi registra mora com ela a 05 anos e ela queria muito ter o registro de nascimento para qualquer eventualidade.
    Ela se sente mau , para ela mesmo , não existe .
    Não tem rg. Nem cpf para consulta medica usa da boa fé das pessoas para marcar - o que ela deve fazer agora
  15. layane_1
    13/01/2009 12:36 | editado

    oi boa tarde o nome do meu namorado e wedirlany ele tem 22anos e gostaria de saber como ele poder mudar seu nome para weley e o valor
  16. Carla_1
    17/01/2009 13:13

    Boa Tarde,
    Gostaria de tirar uma dúvida a respeito do nome dos filhos de mãe divorciada que adotou o nome de solteira após a ação.
    Os filhos devem alterar seus registros para constar o nome correto (de solteira) da mãe?
    Há alguma implicação nisso?
    Desde já agradeço.
    Carla
  17. Adv. Antonio Gomes
    17/01/2009 13:31

    Os filhos devem alterar seus registros para constar o nome correto (de solteira) da mãe?

    Não. A certidão do filho não sofre alteração.

    Há alguma implicação nisso?

    Não, a situação se encontra regular, é direito do filho.
  18. Adv. Antonio Gomes
    17/01/2009 13:59

    REGINA CRUZ - Deve procuar a Defensoria Pública ou constituir um advogado O - o nome da ação é Registro de Nascimento Tardio, então vejamos a título de ilustração a ação no TJDFT. A sentença da juíza da Vara de Registros Públicos do DF autorizou o registro, e a jovem adulta de 23 anos finalmente terá sua certidão de nascimento e poderá exercer a plena cidadania.

    Consta do processo que a autora nasceu no dia 16 de setembro de 1985, na residência de seu pai, em Curionópolis/PA. Porém não teve o nascimento registrado em cartório algum. Mesmo sem registro, em 2001, a jovem veio para Brasília, onde constituiu família e teve dois filhos. A primogênita, ela registrou mediante apresentação do cartão de vacinação, no entanto, o segundo filho não pôde registrar porque não possuía mais o cartão.

    O Ministério Público deu parecer parcialmente favorável ao pedido formulado pela Defensoria Pública. Segundo o órgão ministerial, no registro da autora não poderia constar os nomes dos pais, já que a filiação dela não foi comprovada.

    A sentença da juíza foi no mesmo sentido. A autora terá direito a uma certidão de nascimento sem, contudo, constar a filiação. A magistrada determinou, também, que o registro da primeira filha seja alterado pelo cartório e retirado os nomes dos avós maternos da certidão.
    Nº do processo: 2007.01.1.151107-2
    Autor: AF
    Fonte: TJ-DF
  19. Prissíla Garcia
    19/01/2009 17:23

    Sr. Dr. Antonio Gomes,

    Tive um filho em outubro de 2005 que, por conta do pai ausente e vagabundo, foi bastante ajudado pelos avós. Assim, ao registrá-lo, houve pressão para escolher qual seria o sobrenome da criança e, dessa forma, ele foi registrado e até hoje leva 5 nomes! Resumindo a história, gostaria de saber exatamente como proceder para corrigir isso. Obrigada.
  20. Prissíla Garcia
    19/01/2009 17:38

    Aproveitando a visita a esse site/fórum que está de parabéns, ainda pergunto: me casei novamente no final do ano passado. Como devo proceder para regularizar meus documentos? Meu RG e CPF ainda estão como de solteira, e tenho conta em banco com o antigo nome de casada, mas, no fim das contas, estão todos incorretos, já que agora levo novo nome de casada.

    Obrigada novamente.

Participe do Fórum

Entre com seu cadastro do Jus Navigandi:

Esqueceu sua senha?

Não tem Facebook e quer participar do Fórum?

Faça perguntas, responda dúvidas e discuta assuntos jurídicos. É fácil e grátis!

JUS NAVIGANDI NAS REDES SOCIAIS