Ao navegar, você aceita que o Jus use cookies e parcerias para personalizar conteúdo e anúncios. Política de Privacidade

Símbolo do Jus.com.brJus.com.br

A vida de Justiniano e a sua contribuição para o Direito Romano

Exibindo página 2 de 2

CONCLUSÃO

A partir do presente artigo, tivemos o intuito de demonstrar a trajetória de um dos maiores e mais importantes imperadores romanos para a história do Direito. A partir da sua vida e de sua influência, conseguimos identificar o seu objetivo primordial de retomar o Império Romano a partir do âmbito jurídico.

As obras de Justiniano compreendem os ensinamentos dos grandes juristas romanos da Antiguidade, mencionando a forma de operar a ciência do Direito em uma época rica, com uma legislação forte, porém até então não compilada para a sociedade romana. Podemos dizer que graças as compilações de Justiniano o mundo compreende a história e o direito romano, aplicando até hoje seus princípios basilares em seus direitos locais.


BIBLIOGRAFIA

ALVES, José Carlos Moreira. Direito Romano. 3ª ed. - Rio de Janeiro: Forense, 1971.

CORREIA, Alexandre e SCIASCIA, Gaetano. Manual de Direito Romano e Textos em Correspondência com os Artigos do Código Civil Brasileiro. Vol. I. 2ª ed. – São Paulo: Saraiva, 1953.

DIGESTO. Tradução de Hélcio Maciel França Madeira. Liber Primus Introdução ao Direito Romano. 3ª edição revista da tradução. São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, 2002.

FILARDI LUIZ, Antônio. Curso de Direito Romano. 3ª ed. - São Paulo: Atlas, 1999.

KLABIN, Aracy Augusta Leme. História Geral do Direito. São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, 2004.

PINTO JÚNIOR, João José. Curso Elementar de Direito Romano. Pernambuco: Typografia Econômica, 1888.

PROCÓPIO DE CESAREA. De Aedificiis. In: ESPINOSA, Fernanda (Org.) Antologia de textos históricos medievais. Lisboa: Sá de Costa, 1981.

Documentário ‘Sou Cesar - Justiniano: O último dos Romanos’. YouTube (Acesso em 15 de março de 2016 <https://www.youtube.com/watch?v=NKJJGe5CiVQ>).


Notas

[1] KLABIN, Aracy Augusta Leme. História Geral do Direito. São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, 2004. p. 228-230.

[2] FILARDI LUIZ, Antônio. Curso de Direito Romano. 3ª ed. - São Paulo: Atlas, 1999. p. 48.

[3] CORREIA, Alexandre e SCIASCIA, Gaetano. Manual de Direito Romano e Textos em Correspondência com os Artigos do Código Civil Brasileiro. Vol. I. 2ª ed. – São Paulo: Saraiva, 1953. p. 463.

[4] Documentário ‘Sou Cesar - Justiniano: O último dos Romanos’. YouTube (Acesso em 15 de março de 2016 <https://www.youtube.com/watch?v=NKJJGe5CiVQ>)

[5] PROCÓPIO DE CESAREA. De aedificiis. In: ESPINOSA, Fernanda (Org.) Antologia de textos históricos medievais. Lisboa: Sá de Costa, 1981. p. 76-77.

[6] CORREIA, Alexandre e SCIASCIA, Gaetano. p. 464.

[7] KLABIN, Aracy Augusta Leme. p. 230.

[8] Documentário ‘Sou Cesar - Justiniano: O último dos Romanos’. YouTube (Acesso em 15 de março de 2016 <https://www.youtube.com/watch?v=NKJJGe5CiVQ>)

[9] Idem.

[10] ALVES, José Carlos Moreira. Direito Romano. 3ª ed. Rio de Janeiro: Forense, 1971. p.15.

[11] ALVES, José Carlos Moreira. p. 62.

[12] KLABIN, Aracy Augusta Leme. p.231.

[13] KLABIN, Aracy Augusta Leme. p.232.

[14] Idem.

[15] Ibdem.

[16] ALVES, José Carlos Moreira. p. 63.

[17] ALVES, José Carlos Moreira. p. 61.

[18] CORREIA, Alexandre e SCIASCIA, Gaetano. p.465.

[19] DIGESTO. Tradução de Hélcio Maciel França Madeira. Liber Primus Introdução ao Direito Romano. 3ª edição revista da tradução. São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, 2002.

[20] PINTO JÚNIOR, João José. Curso Elementar de Direito Romano. Pernambuco: Typografia Econômica, 1888. p. 29.

[21] ALVES, José Carlos Moreira. p. 63.

[22] CORREIA, Alexandre e SCIASCIA, Gaetano. p.469.

[23] KLABIN, Aracy Augusta Leme. p. 233.

[24] ALVES, José Carlos Moreira. p. 63.

[25] KLABIN, Aracy Augusta Leme. p. 233.

[26] ALVES, José Carlos Moreira. p. 63.

[27] KLABIN, Aracy Augusta Leme. p. 233.

[28] ALVES, José Carlos Moreira. p. 63.

Página 2 de 2
Assuntos relacionados
Sobre a autora
Imagem do autor Kamila Perestrelo
Kamila Perestrelo

Advogada formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Informações sobre o texto

Este texto foi publicado diretamente pelos autores. Sua divulgação não depende de prévia aprovação pelo conselho editorial do site. Quando selecionados, os textos são divulgados na Revista Jus Navigandi

Publique seus artigos
Compartilhe conhecimento e ganhe reconhecimento. É fácil e rápido!