Símbolo do Jus.com.br Jus.com.br

Modelo de Ação de Alimentos Gravídicos

08/07/2022 às 12:10

AO JUÍZO DE DIREITO DA ª DE FAMÍLIA, ÓRFÃOS E SUCESSÕES DA CIRCUNSCRIÇÃO JUDICIÁRIA (OU COMARCA) DE ______________________

NOME DA REQUERENTE, brasileira, maior, estado civil, profissão, residente e domiciliada na ____________________________, inscrita no CPF sob o nº XXX.XXX.XXX-XX, e RG nº XXXXXXX, vem, por intermédio de seu advogado, abaixo subscrito, com escritório sito à __________________________________, onde recebe intimações, apresentar

AÇÃO DE ALIMENTOS GRAVÍDICOS

em face de NOME DO REQUERIDO, brasileiro, maior, estado civil, profissão, residente e domiciliado na _________________________, inscrito no CPF sob o nº XXX.XXX.XXX-XXX e RG nº XXXXXXX, por meio das razões de fato e de direito a seguir descritas.

  1. DOS FATOS

CLIQUE AQUI PARA BAIXAR O MODELO

A Requerente e o Requerido mantiveram um relacionamento por mais de cinco anos, que resultou em gravidez, conforme o exame em anexo.

Ademais, ressalta-se que o relacionamento findou após o resultado do exame acusar o estado gravídico da autora, que, hoje, não possui emprego, plano de saúde, e está passando por grave dificuldade financeira.

Por sua vez, o demandado, embora tenha possibilidade de ajudá-la financeiramente, porquanto é funcionário público federal, não o faz, frustrando inclusive, as tentativas de contato telefônico feitas pela autora.

II - DOS FUNDAMENTOS

  a) DOS ALIMENTOS PROVISÓRIOS

Conforme o art. da Lei 5478/68:

Ao despachar o pedido, o juiz fixará desde logo alimentos provisórios a serem pagos pelo devedor, salvo se o credor expressamente declarar que deles não necessita.

Isso posto, requer a fixação de alimentos provisórios no importe de 20% (vinte por cento) do salário mínimo vigente.

  b) DOS ALIMENTOS GRAVÍDICOS

Conforme o que aduz a Lei 11.804/08 ( Lei de Alimentos Gravídicos), em seu art. :

Os alimentos de que trata esta Lei compreenderão os valores suficientes para cobrir as despesas adicionais do período de gravidez e que sejam dela decorrentes, da concepção ao parto, inclusive as referentes a alimentação especial, assistência médica e psicológica, exames complementares, internações, parto, medicamentos e demais prescrições preventivas e terapêuticas indispensáveis, a juízo do médico, além de outras que o juiz considere pertinentes.

Outrossim, ex vi o art. da Lei 11.804/08, para a concessão dos alimentos gravídicos, basta a existência de indícios da paternidade, conforme o documento anexo (Anexo I).

Somando a isso, com fulcro no art. 1.694, § 1º do CC, para que qualquer espécie de alimento seja concedida, é necessária a ponderação do binômio necessidade X possibilidade.

Nesse sentido, feitas as considerações, é imperiosa a necessidade da gestante em receber alimentos gravídicos durante todo período de gestação, no montante de 30% (trinta por cento) do salário mínimo vigente.

III - DOS PEDIDOS

Destarte, requer:

  1. Concessão dos benefícios da justiça gratuita, por ser a autora pobre em sentido legal, conforme os preceitos da Lei 1060/50 e declaração de pobreza em anexo;
  2. Intimação do Ministério Público, por se tratar de interesse de menor, nos moldes do art. 82, I, NCPC;
  3. Concessão, de imediato, dos alimentos provisórios, no importe de R$ 1.000,00 (mil reais) mensais a serem descontados diretamente em folha de pagamento;
  4. Citação do réu para contestar no prazo de 5 dias, sob pena de revelia;
  5. Julgamento procedente para condenar o réu a pagar a autora o valor mensal de R$ 0000000 (REAIS) durante toda a gravidez. Após o nascimento com vida, que sejam convertidos em pensão alimentícia em favor do menor;
  6. Condenação do réu ao pagamento das custas processuais e honorários advocatícios no montante de 20% (vinte por cento) sobre o valor da causa;
  7. provar o alegado por todos os meios de prova admitidos em direito, notadamente, documental, testemunhal e, após o nascimento com vida, a pericial.

Dá-se à causa o valor de R$ ___________ (VALOR POR EXTENSO).

Nestes termos, pede deferimento.

(datado e assinado digitalmente)

Advogado (a) - OAB/UF

CLIQUE AQUI PARA BAIXAR O MODELO

Sobre o autor
Informações sobre o texto

Este texto foi publicado diretamente pelos autores. Sua divulgação não depende de prévia aprovação pelo conselho editorial do site. Quando selecionados, os textos são divulgados na Revista Jus Navigandi

Publique seus artigos Compartilhe conhecimento e ganhe reconhecimento. É fácil e rápido!
Publique seus artigos