A Aposentadoria por tempo de contribuição é um benefício devido ao cidadão que comprovar o tempo total de 35 anos de contribuição, se homem, ou 30 anos de contribuição, se mulher.

Como no incidir o fator previdencirio na aposentadoria por tempo de contribuio

Resumo

Em julho de 2015 foi publicado a Medida provisória, 676, que foi convertida em Lei, nº 13.183 de 2015 e trouxe grande inovação no âmbito previdenciário e uma delas foi a regra progressiva de pontos.

Aposentadoria por tempo de contribuição conforme o disposto do artigo 29-C da Lei 8.213 de 1991.

O segurado que preencher o requisito para a aposentadoria por tempo de contribuição poderá optar pela não incidência do fator previdenciário, se for prejudicial no cálculo de sua aposentadoria, quando o total da soma de sua idade e de seu tempo de contribuição, incluídas as frações for:

  1. Homem: 95 (noventa e cinco) pontos ou superior, observando o tempo mínimo de contribuição de trinta e cinco ano;
  2. Mulher: 85 (oitenta e cinco) pontos ou superior, observado o tempo mínimo de contribuição de trinta anos.

A fórmula de pontos, 85/95, serão majoradas em um ponto a partir de 2018 e em 2026 chegará a 90/100 pontos.

Exemplificando, no caso de uma segurada ( com tempo de contribuição, minimo, de 30 anos):

Como no incidir o fator previdencirio na sua aposentadoria por tempo de contribuio

Fator previdenciário sempre será prejudicial ao cálculo da renda mensal?

É uma fórmula matemática que tem o objetivo de reduzir os benefícios de quem se aposenta antes da idade mínima de 60 anos para mulheres e 65 anos para homens, e incentivar o contribuinte a trabalhar por mais tempo. Quanto menor a idade no momento da aposentadoria, maior é o redutor do benefício e quanto maior a idade no momento da aposentadoria, menor será o redutor do beneficio.

Conclusão

Portanto, deverá ser analisado se o cálculo da renda mensal inicial será benéfico ou não a incidência do fator previdenciário. Caso seja prejudicial, o segurado que completou a contagem de pontos do artigo 29-C deverá requerer a não incidência do fator.


Autor


Informações sobre o texto

Este texto foi publicado diretamente pelo autor. Sua divulgação não depende de prévia aprovação pelo conselho editorial do site. Quando selecionados, os textos são divulgados na Revista Jus Navigandi.

Comentários

0

Livraria