A proposta é simples, incluir na grade curricular aulas de Direito de forma elementar, instruindo os jovens alunos acerca do funcionamento das instituições do Estado, bem como, uma breve explanação de seus direitos fundamentais.

O Projeto Direito nas Escolas traz uma proposta de inclusão do ensino de Noções Básicas de Direito, uma ciência que faz parte do nosso cotidiano, para que os adolescentes tenham uma visão mais apurada dos conceitos de Estado e cidadania.

Para tanto, o Projeto Direito nas Escolas se propõe ao ensino focado no Direito Constitucional, levando a um público que em breve será parte atuante na sociedade, a importância da lei maior de nossa nação.

Em um Estado Democrático de Direito é razoável e, por que não dizer, fundamental que o cidadão tenha o conhecimento básico dos conceitos jurídicos para melhor conviver em sociedade.

Além de aumentar os conhecimentos dos alunos do Ensino Médio, estamos sugerindo o completo preenchimento do horário das turmas, reduzindo ou eliminando o “tempo vago”.

Nosso Projeto originou um livro, seu primeiro volume, Noções de Direito Constitucional para o Ensino Médio, será lançado pela Editora Lumen Juris em agosto de 2017, nas livrarias, acreditamos que será uma ferramenta de grande auxílio para o aluno.

A Coleção Direito nas Escolas traz o básico da ciência Jurídica para alunos do Ensino Médio, algo que embora pareça inovador já é uma necessidade real em nosso país, dada a grande atividade do Estado, especialmente da Justiça, cuja compreensão é de extrema relevância especialmente para aqueles que começarão em breve a ingressar no mercado de trabalho e por consequência envolverem-se em relações jurídicas das mais diversas.

No primeiro volume, nada mais importante que começar pelo alicerce do Direito, por isso trata da Noção de Direito Constitucional, esta obra inclui o conceito de Direito, de Estado, de Constituição, Direitos Fundamentais, Entes Federativos, Poderes, Instituições indispensáveis para a Justiça, para Defesa Nacional e Segurança Pública, e ainda, exercícios sobre tais conteúdos, tudo explicado de uma forma clara e simples.

Independente de sua aspiração profissional, em nosso ordenamento jurídico, todos são e serão afetos às questões jurídicas, daí a importância de um livro que traga o conhecimento básico do Direito para o cidadão.

Jurista ou não, todos nós somos os sujeitos das relações jurídicas.


Autores


Informações sobre o texto

Este texto foi publicado diretamente pelos autores. Sua divulgação não depende de prévia aprovação pelo conselho editorial do site. Quando selecionados, os textos são divulgados na Revista Jus Navigandi.

Comentários

0

Autorizo divulgar minha mensagem juntamente com meus dados de identificação.
A divulgação será por tempo indeterminado, mas eu poderei solicitar a remoção no futuro.
Concordo com a Política de Privacidade e a Política de Direitos e Responsabilidades do Jus.

Regras de uso