A Administração Pública não forneceu as informações no prazo legal e nem se manifestou sobre o pedido.

AO ILUSTRÍSSIMO SENHOR DIRETOR GERAL DO XXXXXXXX - XXXXX.

Ref. Protocolo n. XXXXXXX

Origem: XXXX

Destino: XXXX

Assunto: Solicitação de Informações

 

 

FULANO DE TAL, já devidamente qualificado nos autos do Processo Administrativo Protocolo n. XXXXX, por seu advogado abaixo assinado, vem à presença de Vossa Senhoria com fulcro no inciso XXXIII e LV do art. 5o,  no inciso II do § 3º do art. 37 e no § 2º do art. 216 da Constituição Federal e Lei Federal n. 12.527/11 e Decreto 7.724/12, APRESENTAR SUAS CONSIDERAÇÕES E AO FINAL SUA SOLICITAÇÃO.

1. CONSIDERANDO, o Protocolo n. XXXXXXX autuado em 13/12/2017;

2. CONSIDERANDO o NECESSÁRIO Exercício Constitucional do Contraditório e Ampla Defesa, frente o Processo Administrativo Disciplinar n. XXXXXX;

3. CONSIDERANDO que a negativa de acesso às informações objeto de pedido formulado, quando não fundamentada, sujeitará o responsável a medidas disciplinares, nos termos do art. 32 da Lei 12.527/11;

4. CONSIDERANDO que constituem condutas ilícitas que ensejam responsabilidade do agente público, recusar-se a fornecer informação requerida, retardar deliberadamente o seu fornecimento ou fornecê-la intencionalmente de forma incorreta, incompleta ou imprecisa;

5. CONSIDERANDO que a Lei no 8.112, de 11 de dezembro de 1990, preceitua que as infrações administrativas, que deverão ser apenadas, no mínimo, com suspensão, segundo os critérios nela estabelecidos;

6. CONSIDERANDO que poderá o agente público responder, também, por improbidade administrativa, conforme o disposto nas Leis n. 1.079/50 e 8.429/92;

7. CONSIDERANDO que a Lei 12.527/11 determina o acesso imediato a informação, o órgão ou entidade que receber o pedido deverá em prazo não superior a 20 (vinte) dias, indicar as razões de fato ou de direito da recusa, total ou parcial, do acesso pretendido; ou comunicar que não possui a informação;

8. CONSIDERANDO que o prazo de 20 (vinte) dias poderá ser prorrogado por mais 10 (dez) dias, mediante justificativa expressa, da qual será cientificado o requerente;

9. CONSIDERANDO a data do Protocolo do Pedido de Acesso à Informação ocorrido em 13/12/2017 e a data deste Termo 23/01/2018 – já se passaram 42 (quarenta e dois) dias;

10. CONSIDERANDO, que até o presente momento o XXXXXX - NÃO SE MANIFESTOU, frente o Requerimento Protocolo n. XXXXX;

Por todas estas considerações. SOLICITO:

1. Que nos seja remetido imediatamente às informações solicitadas, no processo Protocolo n. XXXXXX autuado em 13/12/2017, ao Requerente;

2. Caso não detenha as Informações, que explicite os Fatos e Motivos de Direito por não as possuir ou entregar no Prazo Legal;

3. Caso tenha ocorrido o extravio do Processo, desde já, solicito a aplicação do art. 6º, § 5º da Lei 12.527/11, ou seja: “informado do extravio da informação solicitada, poderá o interessado requerer à autoridade competente a imediata abertura de sindicância para apurar o desaparecimento da respectiva documentação” (grifo nosso).

Nestes termos,

Pede e espera deferimento.

Barra do Garças/MT, 23 de Janeiro de 2018.

 

ADVOGADO

OAB


Autor

  • Marcelo Marques

    Advogado Público do Estado de Mato Grosso Com especialização em Direito Penal, Processual Pena, Direito Público, Direito Administrativo, Penal e Processual Penal Militar. Advogado da Secretaria de Estado de Agricultura de Mato Grosso e do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso. Cirurgião-Dentista especialista em Endodontia, Implantodontia, prótese sobre Implantes e Grandes Reconstruções Ósseas. Membro do Colégio Brasileiro de Implantodontia. 1º Tenente da Reserva do Exército tendo servido no Batalhão da Guarda Presidencial e Hospital das Forças Armadas.

    Textos publicados pelo autor

    Fale com o autor


Informações sobre o texto

Este texto foi publicado diretamente pelo autor. Sua divulgação não depende de prévia aprovação pelo conselho editorial do site. Quando selecionados, os textos são divulgados na Revista Jus Navigandi.

Comentários

0