Direito à vida da idosa garantido após anos de pagamento ao plano de saúde. O Bradesco ainda recebeu pena de multa de R$1 mil por cada dia de descumprimento.

A Justiça do Rio obrigou a Bradesco Saúde a autorizar um procedimento cirúrgico para uma paciente de 86 anos. Maria dos Prazeres necessitava de um implante de válvula aórtica por cateter e angioplastia coronariana, estando em grave estado de saúde. O laudo médico da equipe cirúrgica apontava risco à vida, em caso de não realização do procedimento.

                             

O Bradesco ainda recebeu pena de multa de R$1 mil por cada dia de descumprimento, com limite de R$ 30mil. A decisão é da 24ª Câmara Cível/Consumidor do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro.

 Processo número 0270977-69.2016.8.19.0001

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado de Rio de Janeiro


Autor

  • Cristiana Marques Advocacia

    Escritório com equipe especializada em Direito de Família pronta para atender você. Estamos preparados para garantir, blindar direitos e o cumprimento dos deveres. Nossa equipe atua com sigilo e lisura nos processos seja em DIREITO SUCESSÓRIO (Inventário, arrolamento e alvará judicial), Sobrepartilha, Testamento, Prestação de Contas, Planejamento sucessório e DIREITO DE FAMÍLIA divórcio, partilha de bens, dissolução de união estável e pensão alimentícia (reivindicação, oferecimento, revisão ou exoneração), assim como de ordem pessoal como reconhecimento de filiação, regulamentação de visita, alteração de guarda e suspensão e extinção de guarda parental, além de outros. A experiência faz toda diferença! ADVOGADA ESPECIALISTA EM CLIENTES EXIGENTES QUE SABEM DAR VALOR AO DIREITO QUE TÊM. Tel. 11 2557-0545 ou 11 972264520 (vivo/WhatsApp) https://doutordireitofamilia.blogspot.com.br/

    Textos publicados pela autora

    Fale com a autora

    Site(s):

Informações sobre o texto

Este texto foi publicado diretamente pela autora. Sua divulgação não depende de prévia aprovação pelo conselho editorial do site. Quando selecionados, os textos são divulgados na Revista Jus Navigandi.

Comentários

0

Livraria